condomínioscovid19Institucional

O que muda após a COVID-19 na limpeza predial

O novo coronavírus alterou profundamente os hábitos das pessoas e a forma como interagem com o meio. Hoje nós vamos conhecer o que mudou na rotina da limpeza predial após a chegada do COVID-19.

Tendo na higienização das mãos o principal recurso para prevenção da doença causada pelo SARS-CoV-2, a nova síndrome respiratória provocou uma preocupação redobrada com os padrões de higiene e limpeza de áreas públicas e privadas. Agora, a importância de prevenir o contágio de doenças tem se feito mais presente no dia a dia das pessoas.

As equipes de limpeza de condomínios e empresas tem atribuições que a tornam agentes essenciais para manutenção de um ambiente livre de contaminações e doenças. Ao fazer bem seu trabalho, seguindo com rigor uma rotina e cronograma de limpeza, os auxiliares de limpeza e serviços gerais cumprem um importante papel social. Quando contam com o apoio dos condôminos e bons produtos e equipamentos, os benefícios podem ser ainda maiores.

Uso de produtos de limpeza adequados

A listagem dos produtos a serem utilizados deve constar no planejamento de limpeza e considerar todas as áreas do condomínio. Esse recurso assegura a correta seleção e dimensionamento da quantidade de produtos de limpeza a serem utilizados. Importante observar que os fabricantes e respectivos produtos estejam registrados junto à Anvisa, de modo a garantir a eficácia da limpeza e evitar acidentes no manuseio.

Álcool em gel

Mesmo antes da pandemia alguns condomínios comerciais e residenciais tinham como prática a oferta de álcool gel para condôminos e visitantes. Agora, essa atitude faz-se ainda mais necessária, sobretudo em torno de locais estratégicos como recepção, fechaduras biométricas e elevadores. E aqui vale a ressalva: o álcool gel 70% é o produto mais eficiente para desinfetar as mãos.

Respeito ao cronograma de limpeza

Cabe ao Supervisor garantir que os funcionários da equipe de limpeza sigam com rigor o cronograma de limpeza predial estabelecido antes do início da prestação dos serviços. É ele quem organizará a rotina de trabalho para que seja eficiente e otimizada.

Respeito aos profissionais da limpeza

A equipe de limpeza predial deve ser reconhecida como um aliado não apenas para manter o ambiente limpo e agradável, como também na prevenção de doenças. Assim, é essencial incentivar um tratamento amistoso e cordial a esses trabalhadores tão essenciais para o bem estar social.

Contar com uma equipe bem dimensionada e organizada

O contrato deve ter a quantidade necessária de profissionais na equipe. Equipes com quantidade inferior ao necessário, sobrecarregam seus componentes e impedem uma limpeza adequada.

Com a equipe bem dimensionada, deve ainda haver líderes e supervisores que, além de serem responsáveis pelo acompanhamento dos serviços, garantindo a qualidade e segurança na execução, irão controlar as escalas e prover a substituição de profissionais em caso de faltas ou imprevistos.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *